{{ login_title }}
Cartórios de Protesto - BR

O papel do protesto extrajudicial na retomada econômica

O papel do protesto extrajudicial na retomada econômica

É sabido que a crise levou muitas pessoas, físicas e jurídicas, a não honrar suas dívidas. Com isso, empresas e consumidores passaram a sofrer restrições ao crédito decorrentes de registros de inadimplência. O protesto extrajudicial é uma das formas de registro de um débito e acontece quando uma dívida é cobrada por meio do cartório de protesto e o devedor não efetua o pagamento. Sendo protestado, quem deve tem dificuldade de obter crédito, fazer empréstimos e financiamentos, o que agrava ainda mais sua situação.      Nas semanas anteriores o país começou a sinalizar uma recuperação econômica, e esse momento pode ser uma oportunidade para aproveitar ofertas de crédito e juros mais baixos. Para obter crédito é preciso “limpar o nome”, ou seja, apagar os registros de inadimplência.      Diante disso, muitas empresas e cidadãos estão buscando quitar suas dívidas e, ao planejarem a ordem de prioridade do pagamento de seus débitos, optam por solucionar primeiro aqueles que foram protestados. Essa estratégia é ótima, porque permite recuperar o acesso ao crédito e, com isso, fazer novos empréstimos, a juros mais baixos, usando os recursos para quitar dívidas anteriores, que impõem juros mais altos. É um círculo virtuoso que aumenta o giro de capital na economia e produz a retomada do crescimento.  Para aqueles credores que têm dívidas vencidas a receber, mas não as enviaram a protesto, é provável que a recuperação do débito demore um pouco mais. Isso porque os devedores pagam primeiro as dívidas protestadas. Dessa forma, encaminhar dívidas vencidas a protesto é uma forma de acelerar o recebimento delas. É com base nisso que o protesto extrajudicial contribui para a recuperação da economia. Sendo um registro seguro e público de inadimplência, tanto credores, quanto devedores, servem-se do protesto para planejar a cobrança e o pagamento de dívidas, respectivamente. É por esta razão que o próprio Poder Público intensificou o envio de dívidas a protesto nos últimos anos, alcançando índices de recuperação mais altos. Se o setor público, que dispõe de privilégios para cobrar judicialmente seus débitos, tem preferido o protesto, para o setor privado esse instrumento é ainda mais interessante, já que recorrer a vias judiciais é mais caro e demorado. Além disso, nesse momento de recuperação da economia, o protesto extrajudicial pode ser uma ferramenta estratégica para receber uma dívida. Afinal, as pessoas e empresas que estão endividadas vão querer aproveitar as oportunidades de negociação para quitar seus débitos e conseguir mais crédito no mercado.

Outra boa notícia sobre esse instrumento de cobrança de dívidas é que, para saber se alguém possui protesto, o procedimento é simples, rápido, seguro e gratuito. A consulta de qualquer CPF ou CNPJ pode ser feita por meio do site www.protestomg.com.br e não exige cadastro. Se a pessoa ou empresa tiver protesto em qualquer local do país, a pesquisa mostrará em que cartório o protesto foi realizado.

Helton de Abreu é tabelião e membro do Instituto de Protesto-MG

Mais notícias

TJAL – Concurso dos cartórios de Alagoas será reaberto em 25 de janeiro -

Espírito Santo, Bahia, Pernambuco e Minas puxam alta da produção da indústria -

Facebook anuncia que vai mostrar mais posts de amigos e familiares, e menos de marcas e empresas -

1º Encontro de Capacitação dos Colaboradores do Protesto-PR -

Metade de quem adere ao Refis fica inadimplente -

Em 10 anos, País perdoa R$ 176 bi em juros e multa de dívidas tributárias -

Entra em vigor lei que exige manutenção de sistemas de ar condicionado -

MEIs inadimplentes podem regularizar seus CNPJs até 23 de janeiro -

Percentual de famílias endividadas sobe de 59% para 62,2%. -

China inicia testes da primeira rodovia no mundo que capta energia solar -

Receita abre consulta a lotes residuais do Imposto de Renda -

Conjur (SP) – Devedor pode oferecer imóvel como caução para obter certidão negativa -

Burger King se torna isca para golpe no WhatsApp -

Procon-SP notifica Apple por causar lentidão em iPhones antigos -

Processo digital no TJSP é tema de palestra em conferência da ONU -

PR: Credores não precisam mais pagar antecipadamente as custas do protesto de títulos -

1º Encontro de Capacitação dos Colaboradores do Protesto - PR -

Receita terá de ser informada de transações em espécie acima de R$ 30 mil -

Loapi, o vírus de celular que pode arruinar seu aparelho -

Bancos adotam novas regras para saques acima de R$ 50 mil -

TJ/RO confirma homologação de títulos de concurso para cartórios extrajudicial -

IPVA 2018: guia por estado e no DF -

Vendas de última hora animam comércio -

CNJ Serviço: Conheça os tipos de cartórios existentes no Brasil -

Comissão Especial da Câmara rejeita Projeto de Lei de Teto Remuneratório para cartórios -

Bradesco bate recorde de transações pelo celular -

Bancos brasileiros usarão dados reais em testes de blockchain em 2018 -

Quem tem o carro roubado pode pedir devolução do IPVA -

Anoreg/MA e IEPTB/MA promovem Natal Solidário no bairro Desterro em São Luís (MA) quarta-feira, 20 de dezembro de 2017 18:33 -

Brasileiros terão ceia de Natal mais barata este ano, indica pesquisa da FGV -

Jornal Diário da Região – Cartório de Notas São José do Rio Preto (SP) aceita pagamentos em Bitcoins -

Alagoas terá primeiro concurso para vagas em cartórios -

Plataforma de renegociação de dívida amplia parceria com Itaú -

POSSE: NOVOS DIRIGENTES DO JUDICIÁRIO DO MARANHÃO ASSUMEM O CARGO NESTA SEXTA-FEIRA -

Corregedoria Nacional divulga resultado das correições nos cartórios -

O Instituto de Protesto de Rondônia disponibiliza aos cartórios de protesto terminais de pesquisa de CNPJ e CPF -

Nome negativado indevidamente por empresa de telefonia móvel acarreta indenização de R$ 10 mil por danos morais; decisão cabe recurso. -

Clipping – Tribuna do Norte (RN) – PGE terá 2,5% sobre taxas cartoriais no Rio Grande do Norte -

A curiosa história por trás do logo mais famoso do mundo -

Primeira Confranore reúne dezenas de tabeliães, notários, registradores e colaboradores em Cuiabá -

Vale o escrito -

FACILIDADE - CGJ AUTORIZA CARTÓRIOS A RECEBER TÍTULOS DE PROTESTO POR PARTICULARES SEM DEPÓSITO PRÉVIO -

IEPTB-MT e Anoreg-MT participam de abertura de mutirão fiscal -

QUASE 60 MILHÕES DE BRASILEIROS ESTÃO COM NOME SUJO -

Microsoft e Banco Votorantim investem R$ 1 mi em fintech de negociação de dívidas -

Instituto de Protesto de RO e ARRCT-RO lançam cartilha informativa sobre Renais Crônicos -

8 de dezembro: Dia da Justiça -

Receita libera consulta ao 7º e último lote de restituição do Imposto de Renda 2017 -

PRF lança sistema de alerta instantâneo para recuperação de carros roubados Agência Brasil -

IEPTB-MT e Anoreg-MT são parceiros em nova edição de mutirão fiscal. -

OAB/RO: advogados podem protestar contrato de honorários advocatícios em Rondônia -

STJ - O cassino pode cobrar no Brasil por dívidas de jogo contraídas no exterior? -

Poder Judiciário do Ceará altera a forma de lançamento dos atos do serviço extrajudicial -

Juro básico deve cair ao menor nível em 30 anos, apostam economistas, mas taxas bancárias seguem elevadas -

CONVÊNIO POSSIBILITARÁ A COBRANÇA DE DÍVIDAS COM O TCM-GO ATRAVÉS DO PROTESTO -

ADI questiona recolhimento de contribuição patronal de cartorários extrajudiciais catarinenses -

Pagando a conta no grito -

Heineken chega para valer no Brasil e a briga promete esquentar -

1º Encontro de capacitação dos colaboradores do protesto - PR -

CARTÓRIOS DE PROTESTO ESTARÁ PRESENTE NO I ENCONTRO DE CORREGEDORES DO SERVIÇO EXTRAJUDICIAL -

Fique Legal: Cidadão terá benefícios na quitação de dívidas com o município -

Saiba se você tem direito e como restituir dinheiro perdido com planos econômicos -

CARTÓRIOS JÁ DRIBLAM A BUROCRACIA -

Bancos e poupadores chegam a acordo sobre perdas de planos econômicos das décadas de 80 e 90 -

A importância da identidade visual para seu Negócio ou Escritório (Branding para negócios) -

Artigo: O Protesto como instrumento de redução de ações judiciais e meio célere de solução de conflitos, por Cristina Oliveira -

Corte goiana aprova reestruturação dos serviços extrajudiciais -

40% dos consumidores usaram FGTS para pagar dívidas! -

WhatsApp anuncia app para empresa falar com cliente; Itaú faz testes no Brasil -

Reunião Geral -

Registro de pets em cartório começa a se popularizar em Maceió -

DÉCIMA PRIMEIRA AULA DA SÉRIE "DESPERTAR DA CIDADANIA" SERÁ TRANSIMITIDA NESTA TERÇA-FEIRA (05.09) ÀS 14H -

Dívida ativa: valor para inscrição vai subir para R$ 5 mil. -

Anoreg-MT, IEPTB-MT e EMNOR ministrarão curso sobre “padronização do procedimento de protesto de sentença e decisões judiciais” -

Mercado prevê menos inflação e mais crescimento econômico para 2017. -

Vendas de supermercados têm queda real de 0,5% em julho, aponta Abras -

LIVRO O DIREITO NOTARIAL E REGISTRAL EM ARTIGOS SERÁ LANÇADO NESSA QUINTA-FEIRA EM SÃO PAULO -

Comércio perdeu mais de 40 mil empresas e 412 mil empregos em 2015. -

A chegada da cebola que não faz chorar -

Confiança da Indústria avança 1,4 ponto em agosto, diz FGV -

Brasileiros gastaram dinheiro de contas inativas do FGTS com pagamento de dívidas e compras no varejo -

Brasil tem mais de 207 milhões de habitantes, segundo IBGE -

CNJ JULGARÁ CASO SOBRE POSSÍVEIS TÍTULOS FALSOS APRESENTADOS EM CONCURSO DE CARTÓRIO DE PE -

Paranaenses podem verificar se estão inadimplentes em totens de pesquisa gratuita -

MPT da Bahia avalia possível parceria com os Cartórios de Protesto -

Precisamos falar sobre sonegação -

A Bahia faz chocolate. -

IEPTB RJ FARÁ PALESTRA SOBRE PROTESTO DE SENTENÇA NA OAB DE NILÓPOLIS -

Quais os documentos necessários para comprar e vender um imóvel? -

Bradesco prevê captura de R$ 3,5 bi em sinergias com HSBC Brasil até fim de 2018. -

Cartórios de protesto são opção segura para cobrança de dívidas do poder público -

Primeiro cartório a utilizar a internet na América Latina é destaque na Folha de S. Paulo, em 1996. -

Itaú expande sua incubadora de startups para receber 210 empresas. -

Recuperação de crédito atrai investidores. -

Anoreg-BR realiza primeira reunião mensal com a nova diretoria. -

Tudo o que você precisa saber sobre Infrações leves. -

Pai cria aplicativo que domina o celular do filho até que ele responda. -

Ambev vai responder perguntas sobre cerveja Brahma nas redes sociais -

Cartões de lojas em alta, com crédito bancário em baixa. -

Reunião Geral. -

Treinamento em Excelência no Atendimento ao Cliente. -

IEPTB-MT e Anoreg-MT ressaltam aproximação entre tabeliães e advogados na XX Conferência da Advocacia -

CADE aprova compra de parte do Citibank para o Itaú Unibanco. -

Evento organizado pela ANOREG/RO e Instituto de Protesto/RO. -

Cartórios de Protesto em destaque. -

Instituto de Protesto inaugura nova sede administrativa. -

Inteligência artificial ajuda a criar campanhas promocionais mais assertivas. -

Empossada nova diretoria da ANOREG/BR. -

Corregedoria vistoria cartórios em GO. -

MATO GROSSO PROTESTA 37 MIL DEVEDORES -

Desembargadores do TJSP participam do 75º Encoge -

APP de celular detalha produção dos ministros do STF -

Claudio Marçal Freire é eleito novo presidente da Anoreg/BR. -

Visita do Desembargador ao IEPTB Nacional. -

IEPTB/AM - Conquista mais uma parceria. -

IEPTB/RR celebra convênio com a PGE. -

Reunião entre IEPTB/MT, ANOREG/MT e Corregedoria. -

IEPTB-SC e TRT-SC a mais nova parceria de sucesso. -

Governo corre para recuperar dívidas de até R$30 bi... -

NOVA PARCERIA IEPTB/PA E SEFIN. -

MAIS UMA PARCERIA - IEPTB/MS e TRT 24º Região. -

TJAM recebe R$1 milhão em créditos recuperados. -